Calendário do PIS / Pasep 2022


O abono salarial PIS/Pasep nada mais é que contribuições sociais que são recolhidas pelas empresas.

Essas contribuições são transformadas em benefícios aos trabalhadores tanto dos setores privado, quanto dos setores público.

O PIS Pasep é um direito de todo trabalhador brasileiro, destinado ao trabalhador que tem carteira assinada e que faz parte e se enquadra nos termos do PIS (logo abaixo vamos falar mais sobre esse benefício)

De acordo com o governo, mais de 23 milhões de trabalhadores podem receber o abono, que soma um montante de R$ 21 bilhões.

🤔 Quem pode receber o abono salarial?

Pode receber quem exerceu qualquer atividade remunerada neste ano por mais de 30 dias, com carteira assinada, e recebe até dois salários mínimos por mês (R$ 2.200).

Ainda é necessário estar inscrito no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O valor do abono é proporcional aos meses em que o trabalhador esteve empregado com carteira assinada em 2020, chegando ao máximo de um salário mínimo, R$ 1.212.

Proporção (meses trabalhados)Valor do abono em 2022
1R$ 101,00
2R$ 202,00
3R$ 303,00
4R$ 404,00
5R$ 505,00
6R$ 606,00
7R$ 707,00
8R$ 808,00
9R$ 909,00
10R$ 1.010,00
11R$ 1.111,00
12R$ 1.212,00

Confira como ficará o calendário, que será organizado pelo mês de nascimento no PIS e pelo número de inscrição no Pasep:

 

🗓️ CALENDÁRIO PIS 2021/2022

A previsão é que os pagamentos iniciem em janeiro e finalizem em dezembro de 2022.


calendário do PIS 2021/2022 está disponível no site da Caixa Econômica Federal, mas você pode consultar todas as datas abaixo.

Veja na tabela quais são as datas em que o seu saque estará liberado tendo como base o seu mês de nascimento.

PIS (trabalhadores de empresas privadas)

Mês de nascimentoData de pagamento do Pis 2022
Janeiro08 de fevereiro
Fevereiro10 de fevereiro
Março15 de fevereiro
Abril17 de fevereiro
Maio22 de fevereiro
Junho24 de fevereiro
Julho15 de março
Agosto17 de março
Setembro22 de março
Outubro24 de março
Novembro29 de março
Dezembro31 de março

 


Já para os Pasep (servidores públicos), o calendário é elaborado seguindo o final do seu número de inscrição (NIS). Veja o calendário:

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

Número final da inscriçãoData de pagamento do Pasep 2022
015 de fevereiro
115 de fevereiro
217 de fevereiro
317 de fevereiro
422 de fevereiro
524 de fevereiro
615 de março
717 de março
822 de março
924 de março

Mudança no calendário

O Codefat aprovou resolução que muda o calendário de pagamento do PIS/Pasep. Assim, os trabalhadores que deveriam receber o abono salarial de 2020 a partir do segundo semestre de 2021 só terão acesso ao pagamento em 2022.

Nos últimos anos, o pagamento começava no segundo semestre de cada ano e terminava no primeiro semestre do ano seguinte, obedecendo ao mês de nascimento do trabalhador, no caso do PIS, ou o dígito final da inscrição do servidor público, no caso do Pasep. Agora, o pagamento começará no primeiro semestre do exercício fiscal seguinte. Ou seja, o calendário 2022, ano-base 2020, terá início previsto para fevereiro de 2022.

Já o pagamento do ano-base 2021 será realizado apenas em 2023, afirma o ministério.

NÚMERO DO PIS – COMO SABER QUAL É MEU NÚMERO DO PIS / PASEP?

Os números do PIS e do Pasep são usados pelo trabalhador para consultar se ele tem direito a alguns benefícios, como o abono salarial e o saque das cotas do fundo do PIS/Pasep. A diferença entre os dois é que um é ligado a trabalhador da iniciativa privada (PIS) e o outro, a trabalhador do serviço público (Pasep).

>>>>>  Veja Aqui como saber o número do PIS

 

🔎 CONSULTAR PIS PELA INTERNET

A primeira opção disponível é através da internet e para isso você deve acessar o portal por meio do seguinte link.

Em seguida, preencha o formulário com as informações solicitadas, que nesse caso são o CPF ou e-mail pré cadastrado, o número NIS (é o mesmo que o número do PIS/PASEP) e a senha. Não se esqueça de responder ao Captcha de segurança e prossiga a consulta.

Caso você ainda não seja cadastrado, basta inserir seu CPF e, em seguida, clicar no botão referente a “Cadastrar”. Feito isso, siga corretamente as instruções de cadastro a fim de conseguir entrar no portal.

Por fim, você terá em tela as informações referentes à situação do seu PIS.

 

Leia também: