Fraude no FGTS: Roubos de quadrilhas expostos em saque de R$ 2 milhões.



Recente ação da Polícia Federal revelou um esquema em que criminosos realizavam saques fraudulentos dos valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pertencentes ao jogador peruano de futebol, Paolo Guerrero.

Após a exposição do crime cometido por um grupo que desviava recursos do FGTS, a PF iniciou uma investigação para identificar possíveis casos de fraude FGTS envolvendo jogadores de futebol.

Aqui estão mais detalhes sobre o caso de Paolo Guerrero, dicas para evitar golpes relacionados ao Fundo de Garantia e informações adicionais sobre esse tipo de fraude.

O que são golpes no saque do FGTS?

Os golpes envolvendo o FGTS consistem em práticas fraudulentas em que os criminosos realizam saques dos valores do Fundo se passando pelos titulares, ou, no caso em questão, se fazendo passar por representantes dos jogadores de futebol vítimas do golpe.

No entanto, diversas modalidades de fraude têm surgido, incluindo o envio de links e mensagens suspeitas, a criação de sites falsos, entre outras tentativas.

Além disso, há situações em que indivíduos se fazem passar por funcionários de instituições financeiras, oferecendo empréstimos com recursos do FGTS apenas para obter informações dos trabalhadores e aplicar golpes.

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

Por esse motivo, é fundamental que os trabalhadores estejam atentos aos seus dados pessoais para evitar problemas e fraudes relacionadas aos seus benefícios.

Paolo Guerrero perde R$ 2,3 milhões


Após uma investigação, a Polícia Federal descobriu o golpe aplicado contra Paolo Guerrero, jogador de futebol peruano, no qual R$ 2,3 milhões foram subtraídos de seu FGTS em 2022.

Ao tentar sacar o saldo após sua saída do Sport Club Internacional, Guerrero foi informado de que seu FGTS havia sido roubado.

Após investigações, a PF desencadeou uma operação para desmantelar a quadrilha responsável pelo golpe praticado por mais de 10 anos.

Dicas para se proteger de golpes envolvendo o FGTS


  • Evite divulgar seus dados pessoais em links e mensagens de fontes desconhecidas.
  • Verifique a reputação de empresas e instituições financeiras antes de fornecer informações pessoais.
  • Utilize canais de atendimento oficiais de bancos e instituições financeiras.
  • Não forneça senhas ou dados pessoais por meios eletrônicos.
  • Desconfie de ofertas muito vantajosas, urgentes ou suspeitas.

Se você suspeitar de qualquer irregularidade em relação ao seu FGTS, não hesite em denunciar. Proteja-se e evite situações de fraude que possam comprometer seus recursos financeiros.

📂 Educação Financeira